Estimulantes Sexuais

Se você está buscando informações sobre este assunto é porque provavelmente está com problemas como dificuldade de ter ou manter uma ereção e tem falhado na hora H. Problemas como estes com certeza diminuem sua autoestima e confiança na hora do sexo e quanto mais demorar para solucioná-los pior é, pois acabam tendo um efeito psicológico também, que é igualmente prejudicial a vida sexual, mas com um bom estimulador sexual esses problemas podem ser resolvidos definitivamente.

estimulantes

 

Os estimulantes sexuais surgiram no mercado justamente para auxiliar no tratamento dos homens que possuem disfunção erétil. Eles fazem muito sucesso com aqueles que estão descontentes com o seu desempenho e são vendidos livremente nas farmácias de todo o Brasil. O mais famoso deles é o Viagra, carinhosamente chamado de “azulzinho” pelos seus usuários. Outros como o Cialis, o Levitra e o Vivanza também são bem conhecidos entre aqueles que fazem uso de algum estimulante sexual ou querem aumentar a sua performance (conheça aqui alguns tipos de estimulantes).

O funcionamento desses medicamentos é bem simples: eles aumentam os níveis de óxido nítrico no organismo dos usuários fazendo com que os vasos sanguíneos do pênis se dilatem, aumentando o nível de irrigação de sangue no local e fazendo com que a ereção e a excitação aconteça após algum tipo de estímulo sexual. O efeito dos estimuladores comprimidos começa aproximadamente entre 15 e 30 minutos após a sua ingestão e o tempo de duração varia de acordo com o remédio utilizado. O efeito do Viagra, por exemplo, pode durar até 5 horas enquanto o do Cialis (pasmem) pode durar 36 horas, segundo relatos.

Seja qual for o escolhido, o bom mesmo é contar com a ajuda de um especialista para fazer a indicação do estimulante sexual mais adequado. Além disso, também é bom não abusar na dose: todos eles dilatam os vasos sanguíneos, aumentando os batimentos cardíacos e podem causar vários outros efeitos colaterais como dores de cabeça, dores nas costas, enjoos ou náuseas e outros tipos de desconfortos.

Fora isso, você pode ficar despreocupado: os estimulantes sexuais existem para serem usados e para trazer mais felicidade e bem estar para quem o usa! Eles contribuem para a melhora no relacionamento do casal e aumentam a autoestima do homem. Use e abuse!

Perigos do uso inadequado do estimulante sexual

O uso inadequado do estimulante sexual pode causar dores de cabeça e musculares, diarreia, alergias, visão dupla e, em casos mais severos, até cegueira. Os pacientes que têm qualquer tipo de doença cardíaca também não devem ingerir os medicamentos que são considerados vasodilatadores, a menos que tenham indicação médica.

Também pode acontecer o que é chamado de priapismo, que é quando o pênis não relaxa, mantendo a ereção por um longo período. Se passar de uma hora ereto, é preciso procurar um médico, pois essa situação pode fazer com que falte oxigenação no órgão, que pode necrosar e precisar ser removido em processo cirúrgico.

Portanto, não utilize este tipo de medicamento excitador sexual sem que um profissional tenha indicado, para evitar qualquer tipo de problema.

Existem alguns tipos de Estimulantes Sexuais que são 100% naturais e que podem ser usados sem medo por não existir contra-indicações ou efeitos colaterais. São feitos com vitaminas e minerais que causam o aumento do desejo sexual, aumento da libido e a melhora do desejo sexual. Vários homens tem optado por este tipo de tratamento para resolver seus problemas de ereções, além de não prejudicar a saúde são bem mais baratos. Clique aqui para saber mais sobre este tipo de Estimulante, veja como ele age no organismo, seus benefícios, preços e como comprar.

 

gh2